- 0 resultados
menor preço: € 62.87, preço mais alto: € 73.11, preço médio: € 67.99
1
Morte de Um Dissidente (Em Portuguese do Brasil) - Alex Goldfarb
Encomendar
no/na amazon.de
€ 62.87
Envio: € 3.00
Encomendar
Alex Goldfarb:

Morte de Um Dissidente (Em Portuguese do Brasil) - Livro de bolso

2000, ISBN: 8535910468

Taschenbuch, [EAN: 9788535910469], Companhia das Letras, Companhia das Letras, Book, [PU: Companhia das Letras], Companhia das Letras, Em outubro de 2000, o biólogo e ativista político Al… mais…

Neuware. Custos de envio:Innerhalb EU, Schweiz und Liechtenstein (sofern Lieferung möglich). Versandfertig in 1 - 2 Werktagen. Die angegebenen Versandkosten können von den tatsächlichen Kosten abweichen. (EUR 3.00) Pure Brazil Europe
2
Encomendar
no/na AbeBooks.de
€ 73.11
Envio: € 8.04
Encomendar

Alex Goldfarb:

Morte de Um Dissidente (Em Portuguese do Brasil) - Livro de bolso

ISBN: 8535910468

[EAN: 9788535910469], Gebraucht, sehr guter Zustand, [PU: Companhia das Letras], A copy that has been read, but remains in excellent condition. Pages are intact and are not marred by note… mais…

NOT NEW BOOK. Custos de envio: EUR 8.04 ThriftBooks, AURORA, IL, U.S.A. [54239181] [Rating: 4 (von 5)]
Anúncio pago

Pormenores referentes ao livro
Morte de Um Dissidente (Em Portuguese do Brasil)

Em outubro de 2000, o biólogo e ativista político Alex Goldfarb recebeu um telefonema de seu amigo Boris Berezovski, o empresário russo que, depois de tornar-se uma das pessoas mais ricas e poderosas do país, caíra em desgraça e fora obrigado a exilar-se na França. O assunto do telefonema era Alexander "Sacha" Litvinenko, o ex-agente da FSB (a antiga KGB) que, anos antes, tornara-se famoso ao afirmar - em uma coletiva de imprensa, rodeado de agentes mascarados - que altos funcionários da FSB planejavam assassinar Berezovski. Na época, o presidente da FSB era o até então desconhecido Vladimir Putin. Litvinenko foi punido à moda antiga: abriu-se um processo em que a FSB o acusava de ter agredido um suspeito, e Litvinenko acabou preso, foi libertado meses depois e em seguida voltou para trás das grades, réu de uma acusação semelhante.

Goldfarb conhecia o caso. Quando ainda trabalhava para o megainvestidor americano George Soros, tentara em vão entrevistar Litvinenko, como parte de um programa para erradicar a tuberculose das prisões russas. Soube, por Berezovski, que Sacha, sentindo-se cada vez mais ameaçado, fugira para a Turquia com a mulher e o filho, e precisava de ajuda. Goldfarb, ele mesmo um dissidente da época do comunismo, não hesitou e partiu em seguida para o sul daquele país, onde os três estavam escondidos. Em uma seqüência de eventos que em muito lembra um romance de John le Carré, Goldfarb conduziu os Litvinenko até Ancara, depois Istambul e então para a Inglaterra, onde planejavam pedir asilo político. Após algumas semanas turbulentas, quando ainda pairava o fantasma da deportação, a Inglaterra os acolheu e, com ajuda financeira de Berezovski, os Litvinenko se estabeleceram em Londres. Seis anos depois, Sacha foi envenenado por uma substância raríssima, o polônio-210, e enquanto agonizava diante das câmeras de todo o mundo, acusou Putin de ser o mandante do crime. Era a volta da KGB.

Essa é a história que Goldfarb - amigo próxim[...]

Dados detalhados do livro - Morte de Um Dissidente (Em Portuguese do Brasil)


ISBN (ISBN-10): 8535910468 (ISBN-13: 9788535910469)
Livro de bolso
Ano de publicação: 2000
Editor/Editora: Companhia das Letras

Livro na base de dados desde 2019-11-03T11:01:20-03:00 (Sao Paulo)
Página de detalhes modificada pela última vez em 2019-11-03T11:01:20-03:00 (Sao Paulo)
Número ISBN/EAN: 8535910468

Número ISBN - Ortografia alternativa:
85-359-1046-8


< Para arquivar...